Artista seleção — Exposição e prêmiosDariane Martiól — Autorretrato Infamiliar

Dariane Martiól — Autorretrato Infamiliar

Nesse ensaio registro o corpo da minha mãe junto ao meu, em uma cena articulada por mim. Na psicanálise, Unheimlich (infamiliar), faz referência ao que é familiar, mas se apresenta de uma maneira atípica. Lanço mão de imagens ambíguas para falar sobre o amor/ódio presentes nas relações familiares.

Se você pudesse resumir seu ensaio em um som qual seria?
Chiado da panela de pressão

Título do ensaio: Autorretrato Infamiliar

O que é fotografia para você?

Para sublimar meus traumas. Para propor novas narrativas. Para questionar o status quo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll up Drag View